UA-163577615-1
top of page

3 dicas de como conservar a comida fit adequadamente!


Com um crescimento de 134% durante os últimos cinco anos, o mercado de comida fitness vem demonstrando um aumento na demanda por seus produtos, principalmente no ramo de marmitas e quentinhas, esses dados foram divulgados pelo Ministério da Economia. Os empreendedores dessa área são compostos majoritariamente por microempreendedores individuais, o que reforça o movimento natural do mercado de suprir as demandas de um consumidor específico.


Dentro do mercado de comida fitness e saudáveis há dois tipos de públicos principais; O consumidor que busca uma refeição saudável e pronta para ser consumida, geralmente no intervalo do trabalho e o consumidor que está a procura de uma refeição balanceada, de acordo com uma quantidade especifica de calorias para se adequar há uma dieta por exemplo, ou até mesmo um grupo específico que apresentem alguma restrição de alimentos como intolerantes a lactose, glúten, etc; E até mesmo consumidores mais restritos como vegetarianos e veganos.


Com essa diversidade em produtos é normal que haja preocupações acerca de oferecer sempre um alimento em ótimas condições e que não ofereça nenhum perigo aos clientes, além de um alimento que posso ser conservado e mantido em boas condições. Visto que no setor de comidas fitness o cenário do empreendedor é trabalhar com ingredientes frescos e perecíveis como: Vegetais, legumes e frutas, uma preocupação frequente é como conservar adequadamente o alimento, de modo que os a comida esteja em boas condições para o consumo em um determinado intervalo de tempo?


Pensando nisso elaboramos 3 dicas de como melhorar a conservação das comidas fitness!


1) A embalagem certa é faz diferença!


Escolher onde armazenar a comida já pronta pode parecer irrelevante, mas utilizar o recipiente adequado ajuda a aumentar a validade dos alimentos. A comida deve ser armazenada preferencialmente em uma embalagem transparente, rígida e com tampa hermética, além de utilizar embalagens resistentes e que possam ser levadas ao micro-ondas. Outra dica muito importante é utilizar embalagens com divisórias, isso porque quando dividida a comida dura mais, pois não entra em contato com alimentos que possuam uma durabilidade menor.




2) Utilize ingredientes frescos


Apostar em alimentos frescos é contribuir para que a marmita dure mais, além de ficar mais saborosa!

Conhecer os ingredientes que serão utilizados e sua durabilidade devem ser levados em consideração na hora de montar o prato, e assim poder estimar com certeza sua validade.





3) Manter refrigerado o alimento


Manter congelada a comida para vender é um aliado para que o alimento dure mais. Quando falamos em congelamento, o modo de preparo também é importante, basta cozinhar normalmente o alimento e leva-los para o freezer imediatamente. Dessa forma, manterá sempre os nutrientes intactos.




Ao comercializar alimentos deve-se ter em mente uma série de detalhes, para que o que venha a ser oferecido ao consumidor seja de boa qualidade e seguro para o consumo. Conservar adequadamente o alimento é uma das maneiras de oferecer o melhor! Você é do setor de comidas fitness e está em dúvida de como proceder?


Entre em contato com a PROJEQ. Nós podemos te ajudar!

Posts recentes

Ver tudo

3 kommenttia


patricia
patricia
22. toukok. 2021

Para quem quer realmente se desenvolver essas dicas são valiosas demais!

Tykkää

Ótimas dicas! Muito importante manter os alimentos conservados da maneira correta!

Tykkää

Elinaldo Charles
Elinaldo Charles
21. toukok. 2021

Muito importante essas dicas, mantém os alimentos fitnees bem conservados e com uma boa qualidade👏

Tykkää
bottom of page