UA-163577615-1
 

Como garantir a segurança na indústria de saneantes

O cuidado em prevenir acidentes em diversas áreas de atuação de empresas que utilizam produtos químicos vem crescendo cada vez mais. Objetivando evitar que situações perigosas ocorram, é de grande importância tornar a produção de saneantes mais segura. O Ministério da Saúde através da ANVISA, dispõe de inúmeras resoluções que têm por objetivo regulamentar a fabricação de saneantes no Brasil, tornando-a mais segura para a empresa, para os trabalhadores e os consumidores. Elas são ditas como Boas Práticas de Fabricação (BPF). A não-execução dessas práticas pode levar a empresa produtora a arcar com multas e penalidades ambientais.


Como implementar as Boas Práticas de Fabricação na prática?


Uma grande dificuldade para as indústrias de saneantes é assegurar o controle do processo e prevenir danos ambientais e pessoais, então diante disso, as BPF são indispensáveis, pois tem por objetivo a padronização e definição de procedimentos, métodos, condições das instalações da empresa, equipamentos e manutenções, assim como matérias-primas, embalagens, condições de estocagem e aspectos relativos ao meio ambiente, trazendo melhorias na qualidade dos produtos fabricados, tornando os seguros e reduzindo ou eliminando possíveis riscos à saúde de seus usuários.