UA-163577615-1

Como as BPF’s podem ajudar no setor de Kombuchas


Você é do ramo alimentício e produtor de Kombuchas, entretanto, ainda não se adequou ao MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)? Então, segundo a Instrução Normativa 41, faz-se necessário a criação de padrões de identidade e qualidade de Kombuchas, sendo também incluído os procedimentos analíticos, no qual produtores e importadores precisam observá-los.

Conforme estabelecido, os produtos desse setor, teriam um prazo de 365 dias para se adequar, a partir de 17 de Setembro de 2019. Nesse cenário, os padrões de identidade e qualidade estabelecidos na IN já entraram em vigor, e o não cumprimento desta norma pode acarretar diversos prejuízos ao dono do negócio!

Mas, qual o primeiro passo a seguir? Procure se adaptar e estar dentro da legalidade, para isso, te apresentamos as Boas Práticas de Fabricação (BPF). Consiste em um manual (documento) obrigatório de medidas exigido pela ANVISA, que devem ser adotadas pelas indústrias alimentícias e pelos serviços de alimentação, a fim de garantir a qualidade higiênico-sanitária e a conformidade dos alimentos com os regulamentos técnicos.

Agora que você já sabe a necessidade de adequação para manter a sua empresa dentro das normas e o primeiro passo a seguir, te mostraremos 3 benefícios que as Boas Práticas trarão para seu negócio e as algumas consequências de não possuir esse documento no seu estabelecimento.

1. Padronização e qualidade dos produtos

O manual estará repleto de POPs (Procedimentos Operacionais Padrão), que, de acordo com a ANVISA, é um roteiro padronizado obrigatório, que é elaborado para se ter o controle de uma prática ou condição com o objetivo de garantir a execução do processo com excelência.

Logo, conforme a produção estiver completamente padronizada, a integridade do alimento e a saúde do consumidor também estará garantida, o que consiste em uma maior qualidade do produto final e satisfação dos clientes.

2. Redução de Desperdícios

Mediante ao sucesso na execução da produção, além da empresa reduzir possíveis falhas, como por exemplo, no armazenamento dos produtos e com isso otimizar gastos desnecessários, a consequência disso é gerar maior vida útil desses produtos e manter o ambiente mais limpo e seguro, fazendo assim com que o consumidor final enxergue o estabelecimento com bons olhos e também estabelecerá uma boa credibilidade entre os funcionários da empresa.

3. Aumento do tempo de prateleira

Com a diminuição de desperdícios e como foram tomadas as medidas de higiene e segurança do consumidor, juntamente com armazenamento adequado, consequentemente haverá maior quantidade em estocagem de alimentos dentro do prazo de validade e com qualidade garantida, aumentando assim a lucratividade da empresa.

Contudo, o que acontece se o seu negócio não possuir um Manual de BPF?

Por ser um documento obrigatório como já foi citado, o não cumprimento pode acarretar diversos problemas, tais como:

· Multas

· Suspensão parcial ou total do estabelecimento

· Fechamento da empresa

Além de não contribuir para o crescimento do seu negócio, tendo em vista os benefícios citados, que são de suma importância para o dia-a-dia da sua organização, trazendo um impacto positivo que te deixará na frente do mercado.

Visando garantir a adequação às legislações estabelecidas pela ANVISA, algumas empresas possuem esse serviço, a PROJEQ é uma delas!

Ficou interessado e quer saber como podemos te ajudar a assegurar que seu negócio siga todas as normas legais? Entre em contato conosco e marque uma reunião. A PROJEQ pode te ajudar!

CONTATO

  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

UFPB Campus I, Castelo Branco, João Pessoa-PB, +55 83 8206-1669- contato@ejprojeq.com

CNPJ: 23793980000122