UA-163577615-1
top of page

Qual a importância do controle de qualidade e segurança para sua farmácia?

Você já deixou de consumir algo em um estabelecimento porque estava sujo ou desorganizado? Algo semelhante pode ocorrer com a maneira como as pessoas veem a sua farmácia. Quando trabalhamos com produtos que estão diretamente ligados à saúde de nossos clientes, é fundamental termos maior meticulosidade em relação ao controle de qualidade e segurança na produção e preparação dos medicamentos.


O BPMF (Boas Práticas de Manipulação Farmacêutica) é um conjunto de normas e procedimentos que têm como principal objetivo assegurar que os medicamentos manipulados atendam aos padrões de qualidade exigidos, sejam seguros para uso pelos pacientes e demonstrem eficácia em relação aos seus propósitos terapêuticos.



Outras razões para a criação do BPMF são:


1- Regulamentação e conformidade:

As BPMF são desenvolvidas em conformidade com as regulamentações e diretrizes estabelecidas pelas autoridades sanitárias competentes em cada país. A criação das BPMF está associada à necessidade de atender às exigências regulatórias e demonstrar conformidade com os padrões estabelecidos pelos órgãos reguladores;


2- Segurança do paciente:

As BPMF foram desenvolvidas para minimizar os riscos associados à manipulação de medicamentos. Elas estabelecem diretrizes para a higiene pessoal e do ambiente, controle de qualidade, armazenamento adequado de matérias-primas, prevenção da contaminação cruzada e rastreabilidade dos medicamentos, visando garantir a segurança dos pacientes que irão utilizá-los;


3- Qualidade dos medicamentos:

As BPMF definem padrões e procedimentos para assegurar a qualidade dos medicamentos manipulados. Elas estabelecem critérios para a seleção e aquisição de matérias-primas de qualidade, controle de qualidade durante a manipulação, documentação precisa dos processos, análises laboratoriais e monitoramento do ambiente de trabalho. Isso contribui para garantir que os medicamentos manipulados tenham a qualidade exigida;


4- Consistência e padronização:

As BPMF promovem a consistência e a padronização nos processos de manipulação de medicamentos. Elas estabelecem diretrizes claras e procedimentos documentados para a manipulação, armazenamento e dispensação de medicamentos. Isso ajuda a garantir que os medicamentos sejam produzidos de maneira consistente e que os pacientes recebam produtos de qualidade uniforme.


Se sua farmácia não cumprir as Boas Práticas de manipulação farmacêutica, previstas na RDC nº 67/2007, podem ocorrer algumas consequências. As implicações podem variar de acordo com a legislação e regulamentação específica de cada país, mas no Brasil, as consequências mais comuns são sanções administrativas que podem incluir advertências, multas, suspensão temporária das atividades ou até mesmo o cancelamento do registro ou licença da farmácia). Além de riscos à saúde do paciente, pois o não cumprimento das BPMF pode resultar em medicamentos manipulados de qualidade inadequada, falta de controle de contaminação, erros de dosagem ou uso de matérias-primas impróprias.


Quer saber mais sobre esse assunto e prevenir seus clientes e sua farmácia contra isso? A PROJEQ te ajuda a oferecer maior segurança para você e seus clientes! Entre em contato conosco e marque uma reunião gratuita.


PROJEQ- Propondo soluções, Transformando o Mundo.


0 comentário

Comentários


bottom of page