UA-163577615-1

Como o desenvolvimento de novas fórmulas alimentícias pode ajudar o setor de restaurantes




Em 2021, ao chegarem ao mercado os brasileiros se depararam com uma triste realidade, as altas nos preços dos alimentos. Segundo dados oficiais de inflação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o preço dos alimentos nos supermercados subiu cerca de 16% de janeiro a novembro. Só o arroz subiu 70%. O feijão preto subiu 40%. Leite, frutas, legumes, carne, frango e ovos, produtos comuns à mesa da maioria dos brasileiros, também tiveram destinos parecidos. Todos tiveram aumentos maiores do que 10% no ano.


Esses são dados preocupantes para os empresários dos setores de bares e restaurantes que já veem sofrendo com os efeitos da pandemia de Covid-19 no Brasil, estando entre os negócios mais impactados. Onde tiveram que enfrentar meses com seus negócios fechados e após a flexibilização nas normas conseguiram voltar a abrir as portas dos seus estabelecimentos seguindo uma série de medidas de segurança e higiênicas, mas com um novo desafio: A alta nos preços dos alimentos.



O aumento dos preços dos alimentos aliado a diminuição do fluxode clientes devido a realidade da pandemia, vem causando prejuízos e dificultando ainda mais a volta ao funcionamento de muitos bares e restaurantes. Você empreendedor já pensou em baratear as fórmulas dos alimentos oferecidos ou encontrar semelhantes sem diminuir a qualidade do produto, oferecendo assim uma alternativa para diminuir os custos de produção e ter uma opção equivalente e mais barata?


Nesse artigo você irá encontrar os benefícios de baratear as fórmulas/receitas de seus produtos e como ele pode ajudar a diminuir os custos dos seus produtos sem diminuir ou prejudicar a sua qualidade.



Alguns empreendedores do ramo alimentício apresentam problemas na hora de desenvolver receitas e/ou fórmulas de novos pratos, como problemas na sua composição, comprometendo muitas vezes o sabor e durabilidade do produto, e como solução para este problema, investir em desenvolver um novo produto pode ser o que faltava para seu negócio. Além de solucionar tais problemas ainda irá oferecer ao seu público novidades no cardápio.

Mas, por onde podemos começar a desenvolver um novo produto alimentício?


  • Como desenvolver um novo produto alimentício?


Muitos empreendedores desejam inovar em seus produtos, para que assim possam apresentar características diferentes como maior durabilidade, um sabor diferente e para isso apostam na inovação deste. Porém desenvolver um novo produto pode também contribuir para a economia e consequentemente um lucro maior no estabelecimento.


Para que uma nova fórmula ou receita seja desenvolvida há uma série de etapas a serem cumpridas para que esteja apto a ser ofertado ao consumidor, como: Planejamento, Análises Químicas, Testes com aditivos químicos, Elaboração de um Projeto, Realização do produto, para que só assim esteja apto a comercialização.



Benefícios do desenvolvimento de novos produtos


  • Atender as mudanças nas tendências do mercado

  • Diversificação no cardápio

  • Abranger novos nichos de clientes

  • Aumentar as chances de fidelização dos clientes

  • Economia de insumos


Portanto, podemos observar que desenvolver um novo produto para o seu cardápio ou até adaptação deste pode gerar inúmeros benefícios ao seu negócio. E ter o conhecimento necessário requer experiência no assunto!

Achou interessante e quer saber mais sobre como implementar um novo produto no seu negócio? Mas não sabe como?


Entre já em contato com a PROJEQ! Ofercemos o suporte necessário para que sua empresa se destaque na inovação de seus produtos.

Posts recentes

Ver tudo

CONTATO

  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

UFPB Campus I, Castelo Branco, João Pessoa-PB, +55 83 8206-1669- contato@ejprojeq.com

CNPJ: 23793980000122