UA-163577615-1
 

Benefícios de uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) para as Indústrias Cervejeiras

A Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) é um meio de tratamento projetado para purificar as águas residuais industriais para sua reutilização, resultando em alguns benefícios para a empresa, como a redução de custos. O objetivo de uma ETE na indústria cervejeira é retornar a água, já utilizada na produção ou em outras atividades, de maneira potável, para o meio ambiente, evitando causar efeitos prejudiciais à natureza e aos seres vivos, ou para reuso na própria indústria.


De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), para cada litro de cerveja produzido, 1.5 L de água é incorporada na produção, evaporada e/ou está presente nos resíduos, todo o restante da água utilizada se torna efluente. Esses efluentes são gerados por atividades de higienização de garrafas, equipamentos e locais; na produção; nas operações de limpeza de caldeiras, tubulações e filtros; no processo de envase; no esgotamento sanitário; por vazamentos; entre outros. Essas perdas se tornam prejuízos financeiros para a indústria, de acordo com a escala produtiva e o tamanho da indústria.