UA-163577615-1
top of page

A importância do BPM: do microempreendimento até grandes indústrias


BPM se trata da sigla que descreve o “Gerenciamento de Processos de Negócio” (Business Process Management), possuindo como objetivo principal administrar de uma melhor forma todas as etapas pertencentes a determinada produção, qualquer que seja a área atribuída. Tendo como visão principal o alcance das metas e objetivos estabelecidos no seu empreendimento, o BPM gera a tendência de crescimento em processos que são dados como complexos, evitando a desorganização, tende a alinhar cada etapa do referido de forma a organizar e obter o equilíbrio no meio de produção. Cada etapa é analisada e então é atribuída a maneira mais adequada de realizar tal atividade, gerando rapidez, um ótimo custo benefício e ainda uma alta qualidade.


Para que possa ser melhorado é preciso conhecer o meio, ou seja, o processo, afinal ele é o principal alvo. O processo engloba determinadas atividades realizadas em uma certa sequência, dado por uma frequência contínua. Eles podem ser divididos como:


  • Primários: ligados diretamente aos clientes, como por exemplo entrega de produto ou até mesmo prestação de serviços;

  • Apoio: responsáveis pelos recursos materiais e ainda pelo financeiro;

  • Gestão: este é destinado ao gerenciamento de todos os outros processos, controlando e monitorando.


Habitualmente, as pessoas tendem a realizar seus afazeres de forma a economizar tempo e esforço, por diversas vezes de modo inadequado gerando desperdícios, baixa qualidade que impacta diretamente no lucro final. A exemplo em uma doceria em que dois chefes preparam a massa de forma diferente, um conhece as técnicas de uso do fermento e assim consegue economizar no trigo, já o outro não está alinhado com as métodos mais modernos, sendo assim de um lado se tem economia e um produto de qualidade e do outro, haverá um uso maior do material de produção e ainda uma discrepância no produto final.


Nesse simples exemplo se pode ver, gerando a conclusão de que o BPM é essencial da grande indústria ao microempreendimento, afinal ambos estão envolvidos em processos realizados por pessoas com diferentes percepções e padronizar para garantir uma excelente qualidade do seu produto é primordial.


Para que todo e qualquer processo possa ser melhorado e otimizado a princípio é necessário identificar os gargalos que tendem a dificultar a execução das atividades. Entretanto, para que seja feito de forma eficiente é inviável simplesmente sair à procura de erros no processo, sem saber necessariamente quais são e como melhorá-los. O BPM segue uma série de etapas que viabilizam desde a identificação das áreas de aprimoramento até a aplicação otimizada.


Planejar, modelar, simular, executar, monitorar, melhorar, são dadas as etapas do ciclo BPM que garantem que o processo será otimizado, realizado da forma mais apropriada e ainda reduzindo custos e desperdícios.

  1. Planejar: Para implementar, antes é necessário uma elaboração criteriosa a fim de identificar as principais problemáticas visando a maneira mais adequada de resolver, qual método será abordado, ferramentas e ainda o modelo adotado;

  2. Modelar: Nessa fase ocorre o detalhamento dos processos, onde é elaborada a cadeia de valor (com os principais processos do negócio) e então é feito um levantamento com os responsáveis de cada etapa do processo, até que por fim é criado o fluxo de processos seguindo o método escolhido;

  3. Simular: Os resultados são planejados e quantificados, então a partir disso é realizada a simulação,onde o processo é testado para realizar a verificação se está seguindo conforme o planejado ou apresenta falhas;

  4. Executar: A partir de um planejamento prévio, nessa etapa questões como treinamento, uso de softwares e novos sistemas são agregadas visando que as modificações são eficientes, porém se gerar um impacto negativo no cotidiano dos trabalhadores;

  5. Monitorar: Com base nos resultados previamente calculados é realizado o monitoramento dos processos tendo os indicadores de desempenho, observando caso haja necessidade de correções na presença de desvios;

  6. Melhorar: Nessa situação é feita uma avaliação criteriosa da situação atual visando melhorias no processo futuro.


Como vimos, a importância do BPM e seus benefícios e como a sua aplicação segue uma linha de elaborada de etapas que devem ser realizadas de maneira criteriosa para que enfim possa realmente se obter um resultado eficaz. Sendo primordial o conhecimento para uma aplicação eficaz.


Ficou interessado em aplicar o BPM no seu empreendimento, mas ainda não sabe como? A PROJEQ te ajuda! Entre em contato conosco e marque já uma REUNIÃO GRATUITA.


2 Comments


Ana Clara Moura
Ana Clara Moura
Oct 01, 2021

BPM é essencial nos empreendimentos! Ajudando a otimizar os processos da empresa e na redução dos custos!

Like

Suevelly Beatriz
Suevelly Beatriz
Oct 01, 2021

Saber como gerenciar bem os seus processos é dever de toda empresa.

Like
bottom of page