UA-163577615-1
 

A importância do BPM: do microempreendimento até grandes indústrias


BPM se trata da sigla que descreve o “Gerenciamento de Processos de Negócio” (Business Process Management), possuindo como objetivo principal administrar de uma melhor forma todas as etapas pertencentes a determinada produção, qualquer que seja a área atribuída. Tendo como visão principal o alcance das metas e objetivos estabelecidos no seu empreendimento, o BPM gera a tendência de crescimento em processos que são dados como complexos, evitando a desorganização, tende a alinhar cada etapa do referido de forma a organizar e obter o equilíbrio no meio de produção. Cada etapa é analisada e então é atribuída a maneira mais adequada de realizar tal atividade, gerando rapidez, um ótimo custo benefício e ainda uma alta qualidade.


Para que possa ser melhorado é preciso conhecer o meio, ou seja, o processo, afinal ele é o principal alvo. O processo engloba determinadas atividades realizadas em uma certa sequência, dado por uma frequência contínua. Eles podem ser divididos como:


  • Primários: ligados diretamente aos clientes, como por exemplo entrega de produto ou até mesmo prestação de serviços;

  • Apoio: responsáveis pelos recursos materiais e ainda pelo financeiro;

  • Gestão: este é destinado ao gerenciamento de todos os outros processos, controlando e monitorando.


Habitualmente, as pessoas tendem a realizar seus afazeres de forma a economizar tempo e esforço, por diversas vezes de modo inadequado gerando desperdícios, baixa qualidade que impacta diretamente no lucro final. A exemplo em uma doceria em que dois chefes preparam a massa de forma diferente, um conhece as técnicas de uso do fermento e assim consegue economizar no trigo, já o outro não está alinhado com as métodos mais modernos, sendo assim de um lado se tem economia e um produto de qualidade e do outro, haverá um uso maior do material de produção e ainda uma discrepância no produto final.


</